OUTUBRO ROSA



Mulher que se toca, se cuida!




O que é câncer de mama?

É uma doença causada pela multiplicação anormal das células da mama. O câncer de mama tem cura, se descoberto no início.

Por meio da realização de alguns exames, principalmente do exame médico clínico das mamas e da mamografia. Todas devem ter cuidados com sua saúde, mas para o controle do câncer de mama, algumas mulheres devem realizar exames periodicamente, mesmo que não tenham alterações em suas mamas. O diagnóstico precoce aumenta a chance de cura do câncer de mama.



Fazer exame médico periódico das mamas e a mamografia após os 40 anos. Não abusar de bebidas alcoólicas, não fumar, alimentar-se bem e praticar atividade física ajudam na prevenção do câncer. Além disso, a amamentação e o controle do peso corporal podem prevenir o câncer de mama. Se a mulher for se submeter à reposição hormonal, é importante que converse com seu médico sobre riscos dessa prática. A mulher também deve fazer o autoexame das mamas.

É um exame simples, realizado pela própria paciente, que permite conhecer as características das suas mamas e detectar mais cedo possíveis alterações.

O autoexame das mamas é um importante instrumento para o diagnóstico precoce do câncer de mama. Deve ser feito pelo menos uma vez por mês, do 7º ao 10º dia a partir do início da menstruação. A mulher que parou de menstruar poderá fazer o autoexame escolhendo uma data fixa, por exemplo, todo dia 1º do mês.

Eleve e abaixe os braços. Observe se há alguma anormalidade na pele, alterações no formato, abaulamentos ou retrações.



No banho: com a pele molhada ou ensaboada, eleve o braço direito e deslize os dedos da mão esquerda suavemente sobre a mama direita estendendo até a axila. Faça o mesmo na mama esquerda.



Deitada: coloque um travesseiro debaixo do lado esquerdo do corpo e a mão esquerda sob a cabeça. Com os dedos da mão direita, apalpe a parte interna da mama. Inverta a posição para o lado direito e apalpe da mesma forma a mama direita. Com o braço esquerdo posicionado ao lado do corpo, apalpe a parte externa da mama esquerda com os dedos da mão direita. Faça o mesmo na mama direita. Examinar também a região das axilas e pressionar as aréolas e mamilo.

Olhe, sinta e perceba o que é normal para suas mamas. Em caso de alterações ou dúvidas, procure um médico. É fundamental a avaliação médica periódica das mamas e a mamografia quando indicado pelo médico. Lembre-se: o autoexame das mamas é somente o primeiro passo!

NOVEMBRO AZUL


Dia 17 de Novembro - Dia Mundial de combate ao câncer de próstata.

 

Em Novembro é a vez dos homens ficarem atentos à saúde.
O movimento NOVEMBRO AZUL é internacionalmente dedicado às ações relacionadas à prevenção do câncer de próstata e cuidados com a saúde do homem.
De acordo com o INCA – Instituto Nacional do Câncer - o câncer de próstata é o tipo mais frequente de tumor em homens no Brasil.

Fique atento!

A prevenção é a melhor solução!

Diversos estudos têm demonstrado que os homens morrem mais precocemente que as mulheres e não costumam fazer os exames preventivos. Doenças cardiovasculares e violência urbana (homicídios e acidentes de trânsito) são as principais causas de morte entre os brasileiros, segundo dados do Ministério da Saúde.

A maneira com que os homens lidam com a saúde no Brasil é uma questão cultural. Há certa resistência em cuidar da saúde de forma preventiva. Isso gera, consequentemente, um gasto maior por parte dos sistemas de saúde e maior sofrimento físico e emocional, tanto para o paciente, quanto para a sua família.

Para prevenir as doenças e ter uma boa saúde é preciso conhecer melhor os fatores de risco e também quais são os exames preventivos que devem ser feitos.

Estudos comprovam que os homens são mais vulneráveis às doenças, especialmente as enfermidades graves e crônicas. Essa ocorrência está ligada ao fato de que eles recorrem menos frequentemente do que as mulheres aos serviços de atenção primária e procuram o sistema de saúde quando os quadros já se agravaram.

Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), o câncer de próstata também está entre as causas mais frequentes de mortes masculinas. O câncer de próstata é a neoplasia maligna mais frequente do homem e é importante causa de morbidade e mortalidade em todo o mundo e o Brasil é um dos países com maior incidência deste tumor maligno.

Nas últimas décadas tem havido aumento de sua incidência, mas sua mortalidade tem diminuído graças à detecção precoce da doença, quando ela ainda pode ser curada. Entre 1994 e 2006 houve uma diminuição anual de cerca de 4% na sua taxa de mortalidade e em torno de 40% nos últimos 15 anos.

Numa fase inicial, o câncer de próstata é totalmente assintomático, isto é, o paciente não sente nada e, quando começam os sintomas, em quase 90% dos casos o tumor já saiu da próstata e passou para outros locais (metástases).

O rastreamento oportuno permite a detecção precoce da doença. Ele é feito através da realização do toque retal e da dosagem no sangue do PSA – antígeno prostático específico – e, caso um ou outro esteja alterado, o paciente é encaminhado para a realização da biópsia guiada pela ultrassonografia. Esses exames são apontados como os principais responsáveis por essas mudanças.

  • Tenha uma alimentação saudável.
  • Pratique exercícios físicos, regularmente.
  • Diga não às substâncias psicoativas (Álcool, fumo, drogas).
  • A partir dos 45 anos faça, anualmente, o exame da próstata.
  • A partir dos 50 anos, faça o rastreamento anual do Câncer de Intestino Grosso, através da pesquisa de Sangue Oculto nas fezes.

Organizadores


GGBS - UNICAMP CECOM - UNICAMP

Apoio


DGRH - UNICAMP    EDUCORP - UNICAMP